segunda-feira, 4 de março de 2013

Hiddink 'alimenta' regresso ao Chelsea

Pese embora todas as notícias que têm ligado nos últimos meses José Mourinho a um possível regresso a Stamford Bridge, o sucessor de Benítez pode, afinal, dar pelo nome de Guus Hiddink. O veterano técnico de 66 anos, atualmente ao serviço do Anzhi, já tinha ponderado a sua retirada na fria Rússia, mas pode haver um volte-face inesperado. O treinador holandês, que já tinha passado pelos 'blues' na temporada 2008/09, deu uma entrevista ao Sportinglife, onde deu conta da sua satisfação pelo desempenho na Rússia, mas também não escondeu os «bons momentos» que passou em Londres, recordando que nos 27 jogos que orientou o clube, apenas perderam para o Tottenham, e «acima de tudo, apreciei imenso trabalhar com aquele grupo de jogadores». E nem o facto de o clube estar em constante mudança o parece 'assustar', aproveitndoa para recordar que foi «o único que não fui despedido», regozija-se. Além disso, é conhecida a amizade que o une a Abramovich, pelo que o seu 'adeus' ao futebol poderá ter de ficar para mais tarde, como, de resto, o próprio fez questão de frisar. «Tenho agora 66 anos e no outono terei 67. Mas enquanto me sentir com energia e não um velho, um homem amargo, posso continuar. Mas não posso prever onde estarei na próxima época.»

Sem comentários: