segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Futebol Internacional

Na jornada de fim-de-semana nos principais campeonatos europeus não houve nenhuma surpresa tirando a afirmação de uma 'certeza' chamada Manchester City.

Inglaterra:
Na Premier League, Chelsea, Manchester United e Manchester City mantêm-se no comando da classificação após cinco jornadas disputadas.
Os 'blues' conseguiram manter o pleno ao vencerem, no último minuto, em casa do Stoke City por 1-2. Drogba e Malouda garantiram um triunfo suado, mas merecidos dos londrinos.
Em White Hart Lane, a equipa da casa, o Tottenham, não conseguiu manter a sua invencibilidade e perdeu diante do United (1-3). Apesar de ter começado a vencer, com espectacular golo de Jermain Defoe (de bicicleta), os 'Spurs' não aguentaram a pressão dos 'red devils' que, por intermédio de Giggs, Anderson e Rooney, acabaram por perder pela primeira vez no campeonato.
O Manchester City recebeu e venceu o Arsenal (4-2) no jogo grande da jornada. Richards, Adebayor, Bellamy e Whright-Phillips fizeram os golos dos visitados, enquanto Van Persie e Rosicky marcaram para os visitantes. Este foi um jogo que ficou marcado por alguma controvérsia, já que o avançado togolês dos 'Citizens' (ex-Arsenal) correu todo o campo para festejar o seu golo diante dos adeptos dos 'gunners' e acabou por ver amarelo por conduto anti-desportiva.

Espanha:
A 2ª jornada no 'país vizinho' mostrou que Real, Barça e Valência continuam a ganhar, enquanto o Atlético de Madrid continua a desiludir.
O Real foi vencer à Catalunha o Espanhol por 0-3 com Kaká e Ronaldo em altas. O brasileiro esteve na assistência para os golos de Granero e Guti, já o português, que começou no banco, entrou para marcar o último golo dos 'merengues'.
O Barcelona também cumpriu o seu papel e ganhou em Getafe (0-2). Messi e Ibrahimovic, as duas maiores estrelas dos 'blaugrana', foram os autores dos golos da partida.
O Valência venceu em Valladolid por (2-4). Silva, Mata e Villa (por duas vezes) fizeram os golos da equipa 'ché' que se mantém invicta até ao momento.
O Atlético, de Simão Saborosa, continua a desiludir tudo e todos. Depois de uma derrota na 1ª jornada, em Malaga, os 'colchoneros' voltaram a perder pontos, desta feita, diante do Racing Santander. O jogo disputou-se no Vicente Calderón e acabou empatado a uma bola.

Itália:
No Calcio disputou-se a 3ª jornada com Juventus e Inter a afirmarem-se como os principais candidatos ao título, o Génova como uma surpresa já habitual e o Milan como a desilusão até ao presente momento.
A equipa de Mourinho venceu, como dificuldades, o Parma no Giuseppe Meazza (2-0). Eto'o e Milito resolveram um problema que chegou a parecer complicado.
A Juventus de Tiago mantém o pleno e venceu no campo da Lázio por 0-2. Cáceres e Trezeguet fizeram os golos da 'vecchia signora'.
O Génova mantém igualmente o pleno e venceu, em casa, o Nápoles por 4-1. Com 10 jogadores em campo, os visitados conseguiram dar a volta ao resultado. Após um golo de Hamsik para o Nápoles, Floccari, Mestro (bisou) e Kharja garantiram a vitória no jogo.

Alemanha:
Na Bundesliga estão jogadas cinco jornadas com Bayern Leverkusen e Hamburgo a seguirem isolados na frente da tabela.
O Leverkusen foi vencer ao campo do campeão Wolfsburgo. por 2-3. Grafite e Misimovic marcaram para os da casa, enquanto Rolfes (2 golos) e Kiessling marcaram para os visitantes.
O Hamburgo também venceu e, neste caso, a vítima foi o Estugarda (3-1). Petric, Elia e Zé Roberto fizeram os golos dos lideres da Bundesliga. Para o Estugarda marcou Pogrebnyak.
O Bayern Munique continua fortíssimo desde a chegada de Robben e, desta vez, goleou o Borussia de Dortmund, em Dortmund, por 1-5. Hummels adiantou os da casa no marcador, mas Mario Gomez, Schweinsteiger, Ribery e Müller (com 2 golos) deram a volta ao texto.

França:
A 5ª jornada da Ligue 1 não trouxe grandes surpresas. Os da frente venceram todos, mas o destaque vai para o Marselha de Lucho que venceu o Le Mans de Paulo Duarte (1-2). Niang e Brandão marcaram os golos num jogo que marcou a estreia de ‘El comandante’ no campeonato.
O Lyon também venceu, com golo de Michel Bastos, e tornou-se lider do campeonato.
A maior surpresa foi a derrota do PSG no Mónaco por 2-0. Park e Nené fizeram os tentos 'monegascos' nos últimos 5 minutos da partida.

1 comentário:

Anónimo disse...

http://worldultra1993.blogspot.com/

http://worldultra1993.nice-forum.com/